Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Os saldos e a mulher moderna

por Khaleesi, em 04.07.15

 

Há cerca de dois anos para cá, tenho vindo a desenvolver um sentimento muito característico em relação a centros comerciais em hora de ponta. Começa com uma comichão no nariz devido ao pó das prateleiras e das tantas (demasiadas!) pessoas no interior do mesmo espaço físico, espalhando-se rapidamente pelo rosto do corpo. Posto isto, fica evidente que não suporto tais recintos claustrofóbicos durante as afamadas épocas de saldos. Não dá, não consigo. Adoro comprar, adoro esbanjar dinheiro e, se pudesse, tinha roupa nova todos os dias. Todavia, ironicamente, Deus não me congratulou com paciência necessária para me conseguir atirar para o tanque de tubarões que é uma Zara, Bershka ou Stradivarius em época de caça à melhor pechincha. Já nem falo da Primark pois nessa é entrar e sair, seja em que altura for. Assim, só me resta agradecer às novas tecnologias que me permitem sentar confortavelmente no sofá, de portátil no colo, cartão de crédito na mão e com todas as abas preenchidas pelas minhas próximas aquisições. Nunca a vida foi tão doce.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:10


2 comentários

Imagem de perfil

De sweet a 05.07.2015 às 17:44

Shoppings em época de salos é para esquecer mesmo, mas há sempre aquelas coisas que não consigo comprar online i.e sem experimentar como vestidos e calças.
Imagem de perfil

De cem-noites a 06.07.2015 às 01:54

Este post é tão eu. A minha mãe, por vezes, até reclama comigo porque diz que eu devo ser a mulher com menos-paciência-para-compras que conhece mas não consigo mesmo. Além disso sou muito focada, odeio andar horas em pé a ver só por ver. Vou, compro o que quero comprar e chega.
Manda sim :)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor