Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O fantasma do ano passado

por Khaleesi, em 30.11.15

 

Camuflo-me na penumbra da madrugada para que não me reconhecam o rosto.
É à sua imensidão que recorro quando os dias pesam demais e o meu corpo jaz, exausto, pelos cantos de todas as esquinas. Ardem-me os joelhos das feridas por sarar - constantemente em carne viva - e estremeço de dor a cada passo que dou, mas recuso-me a parar. Sei que me tomariam de posse assim que as suas sombras me localizassem, portanto contrario o desejo ardente de parar e, por fim, dar-me por vencida. Conheço o sabor da derrota como a palma da minha mão, resultado de toda uma vida aprisionada ao ressentimento de nunca ser o suficiente. O ligeiro gosto amargo do fracasso na ponta da língua é algo que nem todas as vitórias do mundo são capazes de adoçar, permanecendo em mim como um lembrete sombrio de quem outrora fui. Tamanha recordação chega-me como um murro no estômago, expandido-se pelos restantes órgãos. Rogam-me que repouse e bem sei o quanto gostaria de lhes obedecer, mas não posso. Não permitirei. 
Fujo do passado como tantos outros o fazem, na procura de um futuro melhor. Cada um escapando dos seus fantasmas, cada um rendendo-se a todos eles. Não eu. Não hoje. Hoje não páro. Hoje vencerei. Hoje continuarei a lutar por mim.
E amanhã, e depois de amanhã, e depois de depois de amanhã (...).

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 04:10


2 comentários

Imagem de perfil

De Mystic a 30.11.2015 às 14:13

" Hoje vencerei. Hoje continuarei a lutar por mim.
E amanhã, e depois de amanhã, e depois de depois de amanhã (...)" assim gosto de te ver falar, é mesmo assim! Nunca desistas de ti fofinha.
Beijinhos :)
Imagem de perfil

De Emy a 30.11.2015 às 16:55

É assim que te quero positiva e com vontade de melhorarmos, you can girl!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor