Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Laços de sangue

por Khaleesi, em 22.02.16

 

O meu irmão é mais alto do que eu e, quem nos vê lado a lado, pensa que temos idades semelhantes, apesar de quase oito anos nos separarem. Ele delira, eu bufo. Ainda assim, o meu irmão é a pessoa mais pequenina e indefesa que tenho na minha vida. Não sei se por ter estado activamente presente na sua educação desde o primeiro dia, mas sinto que o laço criado entre nós é semelhante ao que se cria entre mãe e filho. Perdemos o nosso pai quando ele era demasiado novo, demasiado jovem para sequer merecer conhecer tamanha dor e dou por mim, vezes sem conta, a tomar as suas dores como se fossem minhas. Choro por nós dois. Choro aquilo que desejo com todas as minhas forças que ele não chore. 

Pergunto-lhe frequentemente se está bem. Se é feliz. Se se sente amado. Ele responde que sim a todas as questões e eu cruzo os dedos para que seja verdade. Para que, ao contrário de mim, não tenha de mentir desmesuradamente de modo a não tirar o sono aos outros. 

Olho para ele, mergulhado na rebeldia dos seus treze anos, e vejo o meu melhor amigo. A pessoa que mais amo no mundo e aquela por quem vou sempre olhar, passem os anos que passarem. O meu bebé. O meu pequenino. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


6 comentários

Imagem de perfil

De Maria Amélia a 23.02.2016 às 14:29

Imagem de perfil

De liz collingwood a 23.02.2016 às 16:24

sempre quis ser a irmã do meio, ter uma irmã ou um irmão mais novo! adoro e admiro estas pequenas coisas :)
Imagem de perfil

De cem-noites a 23.02.2016 às 19:06

Emocionei-me a ler este texto porque é precisamente este o sentimento que tenho em relação ao meu irmão mais novo. Vai ser sempre como um passarinho pequenino que tenho nas minhas mão e sobre o qual tenho um dever de protecção imenso.
Imagem de perfil

De Emy a 23.02.2016 às 22:30

oh este post :')
Imagem de perfil

De liz collingwood a 25.02.2016 às 10:39

bem, é o meu objetivo, ter pelo menos dois rebentos! os irmãos são essenciais.
não acabou, mas com o tempo, sei que vai acabar. aquela situação dela e da outra amiga se encontrarem e partilharem coisas, já me deixou mais abalada do que agora. realmente se ignorarmos certas pessoas, somos mais felizes!
Imagem de perfil

De liz collingwood a 25.02.2016 às 10:50

finalmente já vi o Deadpool, finalmente!!!!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor