Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Investimentos no futuro

por Khaleesi, em 29.07.15

Subia a rua em passo lento, numa velocidade oposta à da sua rotina habitual. Vinha perdida nos pensamentos, provavelmente tão distraída no sonho estranho que tivera na noite anterior que mal se apercebera da pedra onde, segundos mais tarde, iria tropeçar. Não era ágil como uma chita mas ria-se de si própria como uma hiena e foi o que fez, ignorando aqueles que pudessem estar a fazer o mesmo. Continuou, seguiu em frente naquelas pernas tão curtas, naquele corpo demasiado pequeno para a mulher em que se tornara. 
Pequenina, tão pequenina que dificilmente a imaginariam como provocadora de tanto caos. Sabia que a notavam na rua, independentemente da fatiota que utilizava. Não que se achasse grande coisa mas, hoje em dia, também não é preciso muito para se ser seguido e despido com o olhar. Fosse, talvez, a extraordinária segurança com que se passeava? Não era sua de raiz mas sabia fingir muito bem, não lhe tivesse isso sido útil em tantas noites de sexo insosso.
A mãe sempre lhe ensinara que os homens são estúpidos o suficiente para não saber distinguir um verdadeiro orgasmo de um falso, num cenário em que apenas o pénis é merecedor de regalias. Ou então era apenas ela que tinha um futuro promissor no ramo da representação, não fosse a sua segurança fruto de uma encenação meticulosamente trabalhada. 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor